Notícia

Comissão disponibiliza mais 13 mil milhões de euros a seis Estados-Membros ao abrigo do instrumento SURE

No âmbito das operações hoje anunciadas, a Chéquia recebeu 1000 milhões de EUR, a Bélgica 2,2 mil milhões de euros, a Espanha 4,06 mil milhões de euros, a Irlanda 2,47 mil milhões de euros, a Itália 1,87 mil milhões de euros e a Polónia 1,4 mil milhões de euros. É a primeira vez que a Irlanda recebe financiamento no quadro do instrumento. Os outros cinco países da UE já beneficiaram de empréstimos ao abrigo do SURE. Estes empréstimos ajudarão os Estados-Membros a fazer face ao aumento súbito das suas despesas públicas destinadas a preservar o emprego. Mais concretamente, ajudarão os Estados-Membros a cobrir os custos diretamente relacionados com o financiamento dos regimes nacionais de tempo de trabalho reduzido, bem como de outras medidas semelhantes que tenham adotado em resposta à pandemia de coronavírus, incluindo para os trabalhadores por conta própria. Os montantes de hoje são disponibilizados na sequência da sexta emissão de obrigações sociais ao abrigo do instrumento SURE da UE, que despertou um interesse considerável dos investidores. Até à data, 17 Estados-Membros da UE receberam um total de 75,5 mil milhões de euros no quadro do instrumento SURE em empréstimos recíprocos. Está disponível uma panorâmica dos montantes desembolsados até à data e dos diferentes prazos de vencimento das obrigações. Mais informações no comunicado de imprensa.

Partilhar:
Voltar