Notícia

Comissão prorroga medidas anti-dumping sobre as importações de bicicletas de vários países

As bicicletas importadas da Indonésia, da Malásia, do Sri Lanca, da Tunísia, do Camboja, do Paquistão e das Filipinas são também abrangidas por estas medidas por se ter concluído que as bicicletas chinesas estavam a passar por esses países para depois serem reexportadas para a UE. As medidas anti-dumping foram inicialmente impostas em 1993 e foram prorrogadas várias vezes desde então. Os direitos anti-dumping vão até 48,5 %. O inquérito de reexame iniciado no ano passado concluiu que existia uma forte probabilidade de continuação do dumping e de reincidência do prejuízo, caso as medidas viessem a caducar. A indústria de bicicletas da UE produz anualmente mais de 11 milhões de bicicletas em 22 Estados-Membros. Os produtores de bicicletas da UE representam 100 000 postos de trabalho diretos e indiretos.

Partilhar:
Voltar