Notícia

Comissários Gabriel, Schmit e Breton em mesa-redonda sobre Pacto Europeu para as Competências com representantes dos setores cultural e criativo

Esta mesa-redonda faz parte de uma série de intercâmbios destinados a incentivar a participação da indústria no Pacto para as Competências. Anunciado no contexto da Agenda de Competências para a Europa adotada pela Comissão em 1 de julho de 2020, o Pacto foi lançado em 10 de novembro.

O seu objetivo é mobilizar todas as partes interessadas — parceiros industriais, sociais, regionais e educativos — para ajudar os trabalhadores a desenvolver as competências necessárias para uma recuperação sustentável, social e resiliente após o surto de coronavírus. As parcerias criadas ao abrigo do Pacto serão apoiadas pela Comissão sob a forma de uma plataforma de parcerias ou ainda de aconselhamento sobre opções de financiamento da UE. Os setores criativo e cultural foram identificados como um importante ecossistema industrial que poderia formar uma parceria de competências em larga escala no âmbito do Pacto, tendo em conta, em especial, o grave impacto da pandemia neste setor, o impacto da transformação digital e os efeitos indiretos noutros ecossistemas, como o do turismo, bem como o forte envolvimento dos agentes do setor e, bem assim, os seus progressos no quadro da Aliança para o Desenvolvimento do Património Cultural.

A melhoria das competências existentes e o desenvolvimento de novas competências são fatores importantes para a recuperação económica, bem como para a reestruturação a longo prazo do setor. A reunião revelou um forte empenho de todos em unir forças na reconversão e na melhoria das competências das pessoas que trabalham nos setores criativo e cultural. Os participantes salientaram a necessidade de atrair e reter talentos, estimular a criatividade e investir nas competências digitais, a fim de colher os benefícios da transição digital.


Foto: European Union, 2021/Source: EC - Audiovisual Service

Partilhar:
Voltar